top of page

O dia dos namorados…para as pessoas solteiras


A solteirice no Dia dos Namorados, namoradas, namorades, pode ser vista como uma experiência solitária ou no mínimo desagradável, para quem sente a falta de uma parceria amorosa e principalmente pelos comentários que muitas pessoas fazem, que ainda persistem em desvalorizar quem está solteira/o/e… Quem nunca ouviu aquele comentário que parece inocente, mas que traz um ar de cobrança e preconceito: “Você é tão bonita, inteligente, gente boa… por que não está namorando?”

Embora a sociedade possa colocar uma pressão para que as pessoas estejam em um relacionamento amoroso, é importante lembrar que a felicidade não está necessariamente vinculada a ter uma parceria romântica, e neste sentido, o dia dos/as/es namorados/as/es também pode ser uma oportunidade para se desvencilhar dos preconceitos e cobranças, se divertir e se conectar com outras pessoas de maneiras diversas.

Para aquelas pessoas que estão solteiras neste dia, esta pode ser uma oportunidade para se concentrarem em si mesmas e fazerem coisas que lhes tragam alegria. Isso pode incluir passar um tempo com amigos/as/es, praticar hobbies ou simplesmente relaxar e desfrutar do tempo. Mesmo sendo o dia 12 de junho em uma segunda-feira!

Além disso, o dia dos/as/es namorados/as/es não precisa ser apenas para casais (ou trisais, ou outro tipo de relacionamento amoroso). Este dia pode ser uma oportunidade para celebrar todos os tipos de amor em nossas vidas, incluindo amizades, família e principalmente o amor próprio. É importante lembrar que o amor é uma emoção que pode ser celebrada e desfrutada de várias maneiras e que não é limitado apenas a relacionamentos românticos e pode ser encontrado em muitas áreas diferentes de nossas vida!

E por falar em encontrar… há estudos sobre solteirice que mostram que muitas pessoas solteiras tem a expectativa de encontrar um relacionamento amoroso, inclusive gostariam de se casar (como o estudo que gerou o livro “A solteirice desvelada”,de autoria de Darlane Andrade). Essa busca é permeada por escolhas: pelo tipo de pessoa, estilo de relacionamento, etc. E não é solitária (ou não tem que ser), afinal, as pessoas tem vivido a solteirice com mais alegria e cercada de pessoas de suas redes de afeto, como também mostrou o estudo citado.


O tema da busca de um relacionamento, e outros que permeiam a vida de quem está solteira/o/e é presente em várias séries disponíveis nas principais plataformas de streaming e que gostaríamos de indicar para este clima de dia dos/as namoradas/os. Se você gosta de séries, prepare a pipoca! "Master of None" - Esta série de comédia da Netflix trata da vida de um ator solteiro de Nova York que tenta encontrar o amor e o significado em sua vida;

"Easy" - Esta antologia da Netflix explora as complexidades das relações modernas em Chicago, incluindo personagens solteiros de diferentes orientações sexuais e idades, que buscam amor, sexo e conexão em um mundo cada vez mais digital. "Girls" - Esta série dramática da HBO segue a vida de quatro jovens mulheres solteiras em Nova York, enquanto elas lidam com as complexidades da vida adulta e a busca pelo amor e realização pessoal.

"Fleabag" - Esta série de comédia segue a vida de uma mulher solteira em Londres, enquanto ela tenta superar uma tragédia pessoal, lidar com sua família complicada e encontrar amor e conexão em sua vida. Disponível no Prime video.

"Dickinson" - Esta série de comédia dramática segue a vida da famosa poeta americana Emily Dickinson, enquanto lida com as pressões da sociedade e tenta encontrar amor e felicidade em sua vida solteira. Disponível na Apple Tv.

"Casual" - Esta série no STAR+, é uma comédia sobre a vida de um irmão e uma irmã solteiros que se mudam para a casa um do outro, enquanto tentam encontrar amor e conexão em suas vidas amorosas e lidam com seus próprios dilemas pessoais.

"Single Parents" - Esta série de comédia segue a vida de um grupo de pais solteiros que se unem para criar seus filhos, enquanto tentam equilibrar suas vidas amorosas e pessoais. Disponível na Prime Video.

Você encontra mais dicas de séries nos destaques do instagram @solteirceemestudo

Desfrute o dia!

Este texto foi escrito por Davini Ramos, estudante do Bacharelado em Estudos de Gênero e Diversidade da Universidade Federal da Bahia, sob supervisão da professora Darlane Andrade.




21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Terminei o namoro, e agora?

Há alguns meses atrás, uma amiga que tinha um namorado de muitos anos, se viu traída e sem um boy “fixo” de novo. Conversando sobre o que tinha acontecido, ela se questionou: “O que vou fazer daqui pa

bottom of page